O cliente

Proposta para o concurso de identidade visual para o programa Pro Helvetia «América do Sul» (proposta finalista, mas não selecionada)

_

America do Sul. Suíça. Dez mil quilômetros os separam.
Como reduzir as distâncias e transpor possíveis barreiras que separam diferentes culturas?
Cada cultura vibra a sua maneira e esta vibração particular  se propaga, sempre a partir de um centro em expansão,  como ondas no espaço.

Na física, quando duas ou mais fontes interagem, criam-se pontos muito peculiares de interação entre as ondas oriundas de cada uma delas, locais onde suas energias são somadas ou neutralizadas, igualadas. Nestes lugares, o equilíbrio não é criado pela ausência de influência das fontes e sim pela interação entre elas.

Acreditamos que estes pontos de equilíbrio são por excelência lugares propícios ao diálogo, centros de convergência que passarão a vibrar em sua própria frequência, alimentados por suas culturas de origem, mas ressoando de uma outra maneira; as particularidades vibram, ressoam e formam algo novo, dando amplitude ao movimento de origem.

É este sentimento que canalizamos na elaboração da proposta da identidade visual para o programa South America (AmS): enfatizando a dinamicidade, horizontalidade e a propagação da arte e cultura, representadas por diversas formas.

Palavras-chave

Identidade visual / Concurso / Cultura / Pro Helvetia